Acari na Luta pela Cultura!

Conheça a história do CCPD e fortaleça!

Por Nyl de Sousa (@nylmc)
nyl.front@gmail.com

31/5/2017, 11:29

O CCPD – Centro Cultural Poeta Deley – está buscando recursos através de crownfounding para viabilizar consertos, obras emergenciais e manter as suas atividades. O local é um dos únicos pólos de resistência, produção, difusão cultural e de ativos sociais e comunitários da região de Acari, zona norte da cidade do Rio.

Pingo do Rap é Mc e um dos artistas atuantes do CCPD. Foto: Fernando Santos

Em atividade a 5 anos, no espaço funcionava um Destacamento de Policiamento Ostensivo da Polícia Militar ou resumidamente DPO (uma versão beta das famigeradas UPPs) e após ser desativado, a Secretaria de Segurança o cedeu para a Associação de Moradores que repassou para Deley de Acari, Pingo do Rap, Wesley Denilio, DJ Buiu, Mano Teko, dentre outros artistas e militantes da cena local de Hip Hop e Funk. Hoje, a gestão do centro cultural envolve jovens moradores da favela de Acari e é feita de maneira coletiva.

Atualmente o espaço abriga diversas ações como: Noite Faveleira, evento realizado pelo Faveleira Soundsystem, que traz muita música jamaicana, Rap e Funk; Cachaçarau, encontro onde cada poesia recitada rende uma dose; a Biblioteca Elaine de Freitas, com todo o acervo literário deixado pela poeta e militante que faleceu em 2016; Pré Sim! Lá em Acari, pré vestibular comunitário com aulas de segunda a sexta onde as inscrições são gratuitas e os professores são voluntários; A estamparia das marcas de roupa Qrespo e Faveleira; além de oficinas de desenho e teatro.

Poeta Delay de Acari. Foto: Fernando Santos

Através da Vakinha online, o coletivo que faz a gestão do espaço pretende fazer consertos estruturais como vazamentos, recuperação de laje, portas e janelas. Além de ampliação da parte coberta, adequação da cozinha (adaptada de um antigo banheiro) e adequação da biblioteca.

Wellington Pinto, mais conhecido como W-Trix é VJ, DJ e um dos articuladores do espaço que vem mobilizando a campanha. “Ali é um dos únicos lugares hoje em Acari que pensa e trabalha educação e cultura. A pessoa pode chegar e apresentar uma música sua na Noite Faveleira, pode estudar durante as aulas do pré-vestibular e conhecer outras linguagens de arte em oficinas”

 

Acesse o link da Vakinha e fortaleça o CCPD


#ApoieSeuBando!

Assuntos relacionados: . . . . . .

Sem comentários ainda


Seja o primeiro a comentar!

Deixe seu comentário

AVISO: O sistema de comentários é disponibilizado aos usuários de ENTRETERE exclusivamente para a publicação de opiniões e comentários relacionados ao conteúdo deste site. Todo e qualquer texto publicado na internet através do referido sistema não reflete a opinião deste site ou de seus autores.

Os comentários aqui publicados por terceiros através deste sistema são de exclusiva e integral autoria e responsabilidade dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste site reservam-se, desde já, ao direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos, de alguma forma prejudiciais a terceiros, que tenham informações pessoais do autor do comentário, ou que tenham carater puramente promocional.